Observatório COVID-19

Enfrentamento à COVID-19

06/07/2020 23h10 - Atualizado em 11/08/2020 às 08h05

Observatório Alagoano de Políticas Públicas para Enfrentamento da COVID-19 (OAPPEC)

O OAPPEC surgiu da reunião de pesquisadores que estavam desenvolvendo trabalhos em diferentes áreas do conhecimento, mas com um objetivo comum, colaborar com a construção do conhecimento científico à cerca da COVID-19 e/ou com a definição de estratégias para seu enfrentamento, tanto em relação aos aspectos epidemiológicos quanto às implicações socioeconômicas. Neste sentido, o primeiro resultado desta conjunção foi a elaboração de uma proposta para construção de um modelo de distanciamento controlado para Alagoas.

No entanto, a sequência de eventos que sucederam o trabalho acima mencionado, entre os quais a criação de Grupos de Trabalho no âmbito do Executivo Estadual que culminou na publicação do “Protocolo Sanitário de Distanciamento Social Controlado” em 15/06/2020 (Portaria Conjunta GC/ Sedetur/ Sefaz/ Sesau nº 001/2020) fez com que o grupo de pesquisadores redirecionassem os esforços e conhecimento acumulado nos últimos meses para a organização de um Observatório, agora denominado Observatório Alagoano de Políticas Públicas para o Enfrentamento da COVID-19 (OAPPEC), que surge como uma organização independente, com foco no acompanhamento dos impactos da Covid-19 e avaliação da efetividade das políticas públicas no estado de Alagoas, bem como no desenvolvimento de pesquisas, fornecimento de dados científicos e realização de análises contextuais da pandemia que deverão ser divulgadas por meio de artigos científicos e relatórios tanto para informar a população quanto para subsidiar a tomada de decisão por gestores públicos.

O OAPPEC está vinculado ao Núcleo de Bioestatística em Saúde e Nutrição da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Alagoas. A equipe coordenadora é composta por matemático, epidemiologista, nutricionista, cientista social e economista, os dois últimos vinculados, respectivamente, ao Grupo de Cidadania e Políticas Públicas (ICS) e à Unidade de Santana do Ipanema, da Ufal.

Nesta perspectiva, iniciamos nossas atividades publicando um relatório com uma reflexão sobre o cenário epidemiológico atual e considerações cruciais para o debate sobre a retomada das atividades em Alagoas.

Por fim, nos colocamos a disposição ao tempo que disponibilizamos nosso endereço eletrônico para contato: observatoriocovid.fanut@gmail.com .